COVID-19: Cuba recebe cheque de USD 200 mil e acessórios médicos da China

COVID-19: Cuba recebe cheque de USD 200 mil e acessórios médicos da China

A China doou uma importante quantidade de acessórios de protecção pessoal e dinheiro à Cuba, como parte da colaboração do gigante asiático na luta contra o novo coronavírus.
“A China e Cuba são países irmãos. O governo chinês aprecia muito os esforços do governo cubano, apoiamos firmemente todas as medidas tomadas por Cuba contra a epidemia, e valorizamos a unidade, a solidariedade e a disciplina do povo cubano na sua luta contra esta doença”, expressou Chen Xi, embaixador da nação asiática em Havana.
A doação inclui 10 mil máscaras cirúrgicas, duas mil máscaras, dois mil macacões protectores descartáveis, 500 termómetros infravermelhos, dois mil óculos protectores, dois mil pares de luvas cirúrgicas e dois mil pares de calçados de isolamento.
Em adição, a empresa fabricante de autocarros Yutong entregou 10 mil macacões protectores e 10 mil máscaras protectoras.
Além do mais, o embaixador chinês entregou a Luis Fernando Navarro, vice-ministro do Ministério da Saúde Pública de Cuba, em nome da China, um cheque no valor de 200 mil dólares, quantia que será usada para a compra de insumos médicos necessários.
?O embaixador da China em Cuba e o vice-ministro da Saúde Pública, Luis Fernando Navarro, firmaram hoje o Acto de Entrega da doação de itens médicos para a prevenção e controlo da COVID-19, oferecidos pelo governo e empresas deste país
Por sua vez, o vice-ministro cubano agradeceu o gesto. “A experiência da China serviu ao mundo para enfrentar a doença, e Cuba, com a aplicação das suas medidas, estamos confiantes que podemos triunfar nesta grande batalha que enfrenta hoje a humanidade”, expressou Navarro.
Dados, disponibilizados pela Universidade Johns Hopkins, demonstram que no mundo existem mais de 1.350.000 casos confirmados do contágio pelo coronavírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *