Autoridades não conseguiram identificar a fonte de covid-19 do 10º doente nem testar todos contactos

Autoridades não conseguiram identificar a fonte de covid-19 do 10º doente nem testar todos contactos

As autoridades de Saúde não conseguiram identificar a fonte da infecção do 10º doente com covid-19 em Moçambique. Também não foram testados, ainda, todos os contactos deste cidadão moçambicano tudo indica contraiu o novo coronavírus na Península de Afungi, na Província de Cabo Delgado.
“Em Moçambique, ao nível do Instituto Nacional de Saúde, até sexta-fera, 03 de Abril de 2020, foram testados 317 casos suspeitos, dos quais 15 nas últimas 24 horas. Dos novos casos testados, todos revelaram-se negativos para o coronavírus. Assim, o nosso país continua com 10 casos positivos, sendo 3 de transmissão local e 7 importados”, anunciou em conferência de imprensa a Directora Nacional de Saúde Pública.
A Dra. Rosa Marlene não revelou se as equipas de Saúde que viajaram para a Província de Cabo Delgado identificaram o indivíduo que terá contaminado o cidadão moçambicano de 61 anos que contraiu o novo coronavírus numa das instalações do projecto de exploração de gás natural nos campo de Golfinho/Atum.
Um comunicado de imprensa da petrolífera Total, que lidera este projecto de gás natural na Área 1 da Bacia do Rovuma, revela que o seu trabalhador “começou a sentir-se mal no dia 27 de Março enquanto trabalhava em Afungi (entre 9 e 29 de Março). O indivíduo regressou a casa no dia 29 de Março, e no regresso a Maputo, como medida de precaução, visitou uma unidade médica onde fez o teste de covid-19. O indivíduo colocou-se em quarentena domiciliária em Maputo desde o dia 29 de Março”.
No dia 1 de Abril, 3 dias depois da testagem num laboratório privado, as autoridades de Saúde anunciaram que o teste feito pelo trabalhador da Total foi positivo para covid-19.
Embora o ministro da Saúde tenha declarado na quinta-feira (02) que foram identificados os contactos do doente em Cabo Delgado e em Maputo e que os mesmos seriam testados nesta sexta-feira (03) nenhum informação foi prestada sobre quantas pessoas estiveram em contacto com o 10º doente nem qual foi o resultado dos seus testes ao covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *