Procuradoria turca acusa formalmente 20 sauditas por assassinato de jornalista

Procuradoria turca acusa formalmente 20 sauditas por assassinato de jornalista

A Turquia anunciou quarta-feira (25/03) que acusou formalmente 20 sauditas, incluindo duas pessoas próximas ao príncipe herdeiro Mohammed bin Salman, pelo assassinato do jornalista Jamal Khashoggi em Istambul em 2018, noticiou a AFP.
Após mais de um ano de investigação, o gabinete do procurador-geral de Istambul afirma em um comunicado que identificou duas pessoas próximas do príncipe Salman como autores intelectuais do crime: o ex-conselheiro Saud Al Qahtani e o ex-director de inteligência, general Ahmed Al Assiri.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *