Nyusi nega envolvimento nas dívidas ocultas

Nyusi nega envolvimento nas dívidas ocultas

Numa entrevista conjunta à RDP África e  RTP África, o Presidente da República, Filipe Nyusi, nega o seu envolvimento na contratação das “dívidas ocultas”. Segundo o chefe de Estado Moçambicano, o Governo de Moçambique está interessado em saber como é que o processo que levou ao endividamento ilegal do país foi conduzido e quais as responsabilidades dos envolvidos.

“Os moçambicanos querem esclarecimento de como foi feita a dívida e quem é o responsável. O Governo de Moçambique está mais interessado do que vocês e, eu sou Presidente do Governo de Moçambique. Sou Presidente do Governo interessado”, explicou Filipe Nyusi.

O Presidente da República explicou ainda que as três empresas que contrataram as dívidas com aval do Estado Moçambicano, nomeadamente, MAM, ProIndicus e Ematum, não pertencem ao Ministério da Defesa, que na altura dos factos era por si dirigido.

 “O Ministério de Defesa não é dono de empresas e não tutela. Não sei porque forjam informações que podem confundir as pessoas. As pessoas já sabem que essas perguntas são especulativas. A pergunta foi feita por um jornal (Canal de Moçambique) cujo dono vive aqui em Portugal. Para dizer que eu sou Presidente da República de Moçambique e, como Presidente da República, tenho mais interesse em saber como é que o dinheiro foi gasto e qual é a responsabilidade”, explicou. (Redacção)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *