fbpx

ADPP assiste a cerca de 3,000 familias em Nhamatanda

ADPP assiste a cerca de 3,000 familias em Nhamatanda

A ADPP em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (UNDP) e em coordenação com o Gabinete de Reconstrução pós-Ciclone IDAI, iniciou no mês de Julho, a implementação de  actividades de recuperação de meios de subsistência e da situação económica às comunidades e famílias mais vulneráveis do distrito de Nhamatanda.

Em função do levantamento das necessidades  identificadas no âmbito da recolha de dados dos beneficiários,  o projecto integra igualmente as componentes da promoção de igualdade de género, inclusão social, solidariedade e crescimento verde.

Esta iniciativa é fruto da parceria das organizações, na qual são desembolsados 20 milhões de Meticais para a implementação das actividades, no âmbito do programa Mecanismo de Recuperação de Moçambique (Mozambique Recovery Facility).

O projecto terá uma duração de seis meses e vai beneficiar a um total de 3,000 famílias correspondentes a 15,000 pessoas, sendo que, os beneficiários estão divididos em 45 clubes de agricultores pré-existentes, sete associações locais de agricultores, também já identificadas e 500 famílias que vivem no centro de reassentamento de Ndeja. Deste o universo 50% dos agricultores-alvo é composto por mulheres e grupos vulneráveis, nomeadamente pessoas vivendo com deficiência ou doenças crónicas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *