Detido suposto profeta acusado de assaltar lojas

Detido suposto profeta acusado de assaltar lojas

 Um profeta de uma congregação religiosa com sede na província de Manica estáa contas com a polícia da República de Moçambique, suspeito de assalto emestabelecimentos comerciais e residências no corredor dos distritos de Chimoio e Manica, com recurso a magia negra Chrispen Baptista conseguia furtar material eletrónico com principal foco em eletrodomésticos.

          O profeta responde pelo nome de Chrispen Baptista, de 35 anos de idade, fazia o reconhecimento das áreas enquanto conduzia práticasproféticas usando material obscuro, quando na calada da noite regressava para retirar computadores, telemóveis e seus acessórios, vestuários, loiça e outros eletrodomésticos que se encontram sob custódia policial retirados na sua residência na cidade de Chimoio.

          O suposto homem de Deus, da igreja JohaneMassoe, vulgarmente conhecida como Madzibaba, praticava as suas incursões de forma recorrente no posto administrativo de Machipanda, distrito fronteiriço de Manica e prosseguia com as vendas na cidade de Chimoio onde veio a ser preso pela polícia em resultado de uma investigação após denúncias regulares de vítimas que somam prejuízos causados por um profeta.

          Falando ao microfone do Zambeze, Chrispen Baptista confessa ter começado a cometer crimes desta natureza em 2018 afirmando estar possuído pelo diabo para cometer furtos nas lojas e residências dos seus crentes, agora sob custodia policial, Baptista mostra-se arrependido pelos actos por ele cometido e diz servir a Deus somente.

          “Eu roubei isso que esta aqui e a policia me pegou quando estava a vender no bazar central e bairro Nhamadjessa, eu vivo em Chimoio no bairro Nhamadjessa e sai daqui para Machipanda para roubar para conseguir resolver assunto de casa, comprar milho, caril e outras coisas que estão a faltar em casa. Comecei em 2018 quando sai do Zimbabwe e fiz garimpo em Manica, mas não sei o que aconteceu, só pode ser obra do diabo, sempre servi a Deus como profeta. Apenas queria sustentar a minha família”, confessou.

          O porta-voz do comando provincial da PRM em Manica Mateus Mindú disse que a neutralização do suposto profeta foi graças àdenúncia popular, fruto da estratégia policia – comunidade que culminou com a recuperação de vários bens e corre um processo-crime contra o individuo de modo a sua responsabilização dos actos por ele cometido.

          Ainda na mesma operação a PRM em Manica desmantelou uma quadrilha composta por três indivíduos dos quais dois são irmãos, indiciada de assalto em residências e motorizadas na via publica usando instrumentos contundentes nos arredores da cidade de Chimoio em plena vigência do estado de emergência que visa combater o novo Coronavírus no país.

          A neutralização aconteceu quando o Sérgio Rogério, de 23 anos de idade, por sinal o cabecilha do grupo foi encontrado em fragrante delito quando tentava vender uma motorizada roubada no bairro Nhamaonha em Chimoio, facto que suscitou investigação policial que culminou com apreensão de oito cadeiras plásticas, duas telas plasmas e uma coluna de som.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *