fbpx

No âmbito do combate a Covid-19 JUZ MOZ oferece 500 máscaras às comunidades carenciadas em Gaza

No âmbito do combate a Covid-19 JUZ MOZ oferece 500 máscaras às comunidades carenciadas em Gaza

Cerca de quinhentas pessoas carenciadas, localizadas nos distritos de Chongoene e Mandlhakazi, na província de Gaza, receberam máscaras e outros materiais de higiene no âmbito da prevenção e combate a Covid-19. Os mesmos, foram oferecidos pela Associação Jus Moz, no quadro da sua responsabilidade social.
Desde Dezembro de 2019, o mundo enfrenta a Pandemia do Covid-19, uma estirpe do vírus mais conhecido por Coronavírus, cuja eclosão teve lugar em Wuhan, Cidade mais populosa da China Central. Até ao presente momento, mais de três milhões de pessoas foram infectadas em quase todo o planeta.
Actualmente, já são mais de 90 cidadãos moçambicanos infectados pelo Covid-19, dentro e fora do País.
Nesta senda, membros e simpatizantes da Associação Jus Moz, preocupados com a segurança e bem-estar das comunidades, desdobraram-se em campanhas de identificação de uma área de trabalho onde o seu gesto faria alguma diferença no dia-a-dia.
“Sendo o governo distrital de Mandlhakazi, um parceiro histórico da Associação, efectuamos diligências no sentido de contribuir de forma simbólica para a prevenção da população vulnerável, naquele ponto da província de Gaza”, disse Oliveira Massango Presidente da Associação.
De acordo com Oliveira Massango, foram identificadas quinhentas pessoas carenciadas, nos distritos de Chongoene e Mandlhakazi, na província de Gaza, onde destes se destacam idosos, crianças órfãs e mulheres vulneráveis.
“Adquirimos 500 máscaras de três camadas de pano (recomendadas pelo Ministério da Saúde) para posterior oferta às pessoas carenciadas de cinco comunidades, nomeadamente de Nhamavila (distrito de Chongoene), Chicuangue, Matemula, Chiziane e Denguine (distrito de Mandlhakazi), na província de Gaza, revelou a fonte.
Para além desta acção, os membros da Associação Jus Moz procederam com a divulgação do Decreto Presidencial, referindo-se a sua importância, e apelando a observância/cumprimento deste, por parte de toda comunidade.
Refira-se que a Associação Jus Moz, tem como maior objectivo criar uma cultura jurídica no seio da sociedade, educar juridicamente a sociedade e contribuir na edificação de uma sociedade de justiça social assente no bem-estar material e espiritual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *